Blog

Quem é Responsável por Sua Escuridão?

Por Társio Benício

 

Sem dúvidas, há momentos na vida que nos depararmos em meio à mais completa escuridão. Não existe se quer um feixe de luz.

Estar dentro de uma caverna, sem brecha alguma, em meio ao desespero, a dor, até nos faz esquecer, ainda que por alguns momentos, que já enxergamos, estivemos na luz, que ela nos possibilita ver e viver muitas coisas, e o quão esplendorosa ela é!

Quando isso ocorre, chorar, entrar em pânico não vai te tirar de dentro dela. Aliás, ninguém vai! O processo é árduo, pode e certamente terá consequências e danos físicos, mas tão somente você é capaz de sair da sua própria caverna. Ainda que lá fora as pessoas tentem te ajudar em meio à luz delas, você precisará encontrar a sua própria saída. Pois ninguém pode viver sob a luz dos outros. É necessário cada qual ter a sua, do contrário, quando este outro voltar a seguir sua jornada, afinal todo indivíduo tem seu caminho solitário em determinados momentos, correrás o sério risco de se perder de si mesmo, ou seja, se enterrar na caverna novamente.

Então busque à sua própria luz! Entenda que não se pode viver na sombra do outro. Cada qual tem sua forma, seu tempo. Ainda que ganhe cicatrizes, escave um buraco para sair desta caverna, as marcas te ensinarão a não mais entrar nela, ou caso volte, saberá que há forma de sair.

Tão somente tu és responsável por sua luz, cuide da tua lamparina, não deixe que ela se apague e muito menos se apague por alguém e, ou acontecimentos.

Portanto, siga. E entenda que os momentos de “trevas” não são para se perder, são de crescimento, conhecimento, que a constante luz nunca te proporcionará sozinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.