Não É Bom Estar Só.

Esta publicação também está disponível em: Espanhol

Discurso proferido na Conferência Internacional da Afirmação 2018

Por Luiz Correa

Desde que o mundo é mundo as pessoas tende a estarem em grupos, porque com os grupos as pessoas se sentem mais seguras, protegidas e muitas vezes mais valentes.

Hoje em dia não é diferente existem grupos para tudo. O primeiro grupo é o familiar, depois vem o escolar, da igreja, do trabalho e hoje nos dias atuais temos as redes sociais. É natural do ser humano buscar o grupo que mais se afeiçoa e tem afinidades. Mas também com a sociedade moderna, a tecnologia, o número de pessoas que vivem ou estão sozinhas tem crescido a cada ano. Hoje nos grandes centros as moradias são feitas para as pessoas que vivem sozinhas e isto tem aumentado consideradamente. No Brasil em minha cidade São Paulo existem apartamentos de 14 metros quadrados. O que demonstra que a sociedade esta direcionando para o individualismo.

Muitas vezes estar sozinho é uma opção feita pela pessoa, outras estar sozinho são as condições que a levam a tal situação. Estar sozinho quando não quer estar sozinho pode muitas vezes pode ser prejudicial para a vida desta pessoa.

Por exemplo, sentir-se excluído do grupo (mesmo que por estranhos), pode ser psicologicamente doloroso.  Um trabalho recente de Zhong e Leonardelli descobriu que os indivíduos que se sentem isolados descrevem um ambiente físico, em termos de temperatura, como sendo mais frio. Como resultado, estas pessoas desejam, nestas condições, consumir bebidas mais quentes para poderem se aquecer e diminuir a sensação de falta de calor.

Um estudo publicado pela Northwestern University mostrou que adultos que vão para cama sozinhos e sentindo-se isolados, apresentam na manhã seguinte um aumento dos níveis de cortisol – hormônio ligado ao estresse, obesidade e outros problemas de saúde (como doenças cardiovasculares)

Alguns sintomas de pessoas que se sentem ou vivem sozinhas é a apatia, solidão profunda, baixa auto estima e por vezes depressão.

Nós voluntários da Afirmação, temos que olhar mais para quem esta ao nosso lado, não só os que estão lá fora em busca de ajuda, mas dos que estão aqui dentro. Quantas vezes desde que chegamos aqui neste espaço, olhamos para um dos nossos e demos um abraço e perguntamos como você está, quantas vezes fazemos isso em nosso dia a dia. Precisamos escutar mais em vez de só ouvir, muitas vezes um olhar, uma palavra pode ser um pedido de socorro e precisamos estar atentos a isso, para que não percamos ninguém por omissão. Eu tenho em minha vida como voluntário da Afirmação, sempre que encontrar alguém olhar nos olhos e escutar o que ela tem a me dizer. Todos os dias eu mando uma mensagem para alguém que faz parte da Afirmação, dando pelo menos um bom dia e desejando o melhor.

Obrigado a cada um aqui presente, sei que como filhos do Pai Celestial, nós queremos estar mais próximos dele e para isso precisamos seguir o que ele nos disse. Amai-vos uns aos outros como eu vos amo.

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*