Questionando O Meu Próprio Eu

Esta publicação também está disponível em: Espanhol

Gildo Sousa 

Membro Afirmação Fortaleza

 

Sou Gildo Sousa, tenho 33 anos sou mórmon desde 1994 fui batizado quando tinha oito anos e desde pequeno já sabia o que sentia pelo mesmo sexo, tive alguns namoricos e alguns relacionamentos com mulheres, mas não sentia a vontade no relacionamentos. Servi na igreja em vários chamados, fui missionário na missão Brasil Goiânia nos anos de 2004 a 2006.

Quando retornei permaneci firme ao evangelho de Jesus Cristo porque sei que é verdadeiro, depois de um e meio como missionário retornado me afastei, por não aguentar mais deixar meus sentimentos serem reprimidos, houve vários conflitos mentais e corporal por não aceitar essa condição de vida. Foi um momento difícil, porque essa batalha foi travada sozinho. Tenho em mente uma passagem das escritura no qual fala: “Adão caiu para que os homens existi-se e os homens existe para que tenham alegria”.

Em 2014 conheci o Remerson que já tinha conhecimento da  Afirmação, sendo que, convidou diversas vezes a participar e tive um receio de inicio por acha que seria algo divergente a tudo que foi ensinado. Hoje agradeço aquele jovem pela insistência fui na primeira conferência da ONG em 2016 o mesmo jovem fez um convite de participar da conferência,  fiquei pensativo e falei pra mim mesmo ” não estou fazendo nada mesmo, vou ver como é isso”.

Então, tive o primeiro contato real com a Afirmação, me senti acolhido pelos membros, não eram muitos, era um grupo de pessoas realizando uma reunião, O espírito naquele lugar estava presente, fui confortado as experiências compartilhadas por ex membros e membros SUD, fortaleceram o meu espírito que estava abatido/abalado pela visão no qual era passado por alguns líderes Mórmons.

Hoje sei que a Afirmação é mais uma obra divina do Pai Celestial, sei que existem vários de mim nesse mundo com os mesmos questionamentos e batalhas sendo travadas, sei que precisam ser confortados da mesma maneira no qual fui, amo meu Pai Celestial por sempre cuidar de seus filhos e não existe lugar onde podemos está sendo nós mesmo, tendo sempre o nosso companheiro o Espírito Santo, não podemos e nem devemos desistir de nós.

Nossa Aceitação como filhos de um Pai bondoso é importante, pois Ele deseja nossa felicidade e cabe a nós a reflexão de nossa aceitação. Lembre-se que não estamos sozinhos nesta jornada, a Afirmação está de braços abertos para nos ajudar nessa trajetória.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*